sábado, 1 de novembro de 2014

CAMPEONATO GAÚCHO DE FUTEBOL DE 1921

O Campeonato Gaúcho de Futebol de 1921, foi a terceira edição da competição no estado brasileiro do Rio Grande do Sul. A fórmula de seletivas regionais para selecionar os clubes que iriam disputar o título foi mantida. A fase final foi um quadrangular de turno único em que a equipe que fizesse mais pontos tornaria-se campeã. Caso no final houvesse empate, os dois melhores da fase final fariam um jogo extra. O campeão deste ano foi o Grêmio. Todas as partidas foram disputadas em Porto Alegre no campo do Grêmio, onde o clube que somasse o maior número de pontos seria declarado campeão e em caso de empate, haveria uma partida extra.

Participantes:
* BRASIL (PEL) - CAMPEÃO REGIÃO SUL
* GRÊMIO - CAMPEÃO REGIÃO METROPOLITANA
* RIOGRANDENSE (S.M.) - CAMPEÃO REGIÃO CENTRO
* URUGUAIANA - CAMPEÃO REGIÃO FRONTEIRA

## Grêmio 1 x 0 Riograndense ##
## Brasil 1 x 0 Uruguaiana ##
## Riograndense 4 x 1 Uruguaiana ##
## Grêmio 1 x 0 Brasil ##
## Riograndense 2 x 1 Brasil ##
## Grêmio 1 x 0 Uruguaiana ##


Grêmio F.B.P.A. - Porto Alegre (campeão)


Rio-Grandense F.B.C. - Santa Maria


G.S. Brasil - Pelotas


S.C. Uruguaiana - Uruguaiana

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

CAMPEONATO GAÚCHO DE FUTEBOL DE 1920

O Campeonato Gaúcho de Futebol de 1920, foi a segunda edição da competição no Estado do Rio Grande do Sul. Novamente foi repetida a fórmula do ano anterior, fases regionais e finais envolvendo os campeões. A fase final da competição foi toda disputada em Pelotas (em homenagem ao Brasil, primeiro campeão estadual), todos contra todos, em turno único. O campeão foi o Guarany de Bagé. ara participar do campeonato, o Grêmio, campeão citadino de Porto Alegre, teve de superar o Nacional de São Leopoldo e o Juventude na disputa da primeira região esportiva do Estado. Na primeira partida, o Juventude goleou o Nacional por 4 a 1. No confronto seguinte, Grêmio e Nacional empataram em um tento. No último jogo, o Grêmio bateu o Juventude por três a zero e sagrou-se campeão da primeira região. Pela segunda região, disputaram Guarany de Bagé, São Paulo de Rio Grande e Ideal de Pelotas, sendo vencedor o clube bageense. Porém, a Liga Pelotense de Foot Ball protestou junto à Federação, argumentando que jogadores do Guarany teriam disputado a "Liga Uruguaya" daquele ano. O recurso pelotense não obteve resultado. Na terceira região, o único clube filiado à Federação Rio-Grandense de Desportos era o Guarany de Cruz Alta. No final de setembro, a entidade enviou um telegrama ao clube, convidando-o a participar do certame estadual. Porém, o representante do Guarany junto à Federação, Breno Ribeiro, não deu resposta e a terceira região ficou sem representantes. Antes da definição dos participantes da quarta região, o Grêmio Santanense enviou documentos à Federação que provariam supostas irregularidades na decisão do campeonato de Santana do Livramento. A alegação era a de que o árbitro João Bello encerrou a partida aos 45 minutos do segundo tempo, por não ter seu chamado atendido pelo clube para o início do segundo tempo. O Grêmio Santanense também protestava contra a atuação do jogador Rico De Carlos na equipe do 14 de Julho, por ele ser estrangeiro. Entretanto, a Federação concedeu ganho de causa ao 14 de Julho, que assim pode disputar a vaga da quarta região com o Uruguaiana. No primeiro encontro, empate em três a três. No segundo, o Uruguaiana goleou por cinco a zero e sagrou-se campeão da quarta chave.

Participantes:
* GRÊMIO - CAMPEÃO DA 1ª REGIÃO
* GUARANY - CAMPEÃO DA 2ª REGIÃO
URUGUAIANA - CAMPEÃO DA 4ª REGIÃO

## Guarany 1 x 0 Grêmio ##
## Grêmio 3 x 0 Uruguaiana ##
## Guarany 1 x 0 Uruguaiana ##


Guarany F.C. - Bagé (campeão)


Grêmio F.B.P.A. - Porto Alegre


S.C. Uruguaiana - Uruguaiana

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CAMPEONATO GAÚCHO DE FUTEBOL DE 1919

O Campeonato Gaúcho de Futebol de 1919 foi a primeira edição da competição no Estado do Rio Grande do Sul e organizado pela recém fundada Federação Rio-grandense de Desportos. A fórmula de disputa era a seguinte: os clubes foram divididos por regiões. Os campeões citadinos disputavam os regionais, e os campeões das fases regionais jogariam entre si no Campeonato Gaúcho para definir o título. O campeão foi o Brasil de Pelotas. O primeiro Campeonato Gaúcho da história previa a participação de equipes de diversas regiões do Estado. Entretanto, por terem perdido o prazo de inscrição de seus atletas, os representantes de São Leopoldo (Nacional), Bagé (Guarany), Cruz Alta (desconhecido), Uruguaiana (Uruguaiana) e Santana do Livramento (14 de Julho) foram eliminados. Restaram para a final somente os representantes de Porto Alegre e Pelotas. O representante de Porto Alegre foi definido através do Campeonato Citadino de Porto Alegre, do qual participaram Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Porto Alegre, São José e Tabajara. O Grêmio foi o vencedor. O outro participante foi definido pelo Citadino de Pelotas, disputado pelos seguintes clubes: Brasil, Guarany, Ideal; Pelotas, Rio Branco e União. O Brasil foi o vencedor. No dia 8 de novembro, véspera da decisão, a equipe pelotense desembarcava em Porto Alegre, a bordo do Vapor Mercedes, para a disputa da final do Estadual. A delegação, chefiada pelo seu presidente, o Coronel Manoel Simões Lopes, ficou hospedada no Hotel Paris, na capital gaúcha. No dia seguinte, às 16 horas, o primeiro Campeonato Gaúcho era decidido no Estádio da Baixada, pertencente ao Grêmio. A arbitragem ficou a cargo de Oscar Fontoura, pertencente ao Sport Club Cruzeiro. O Brasil goleou por cinco a um e sagrou-se campeão. Antes de voltar para Pelotas, dois dias depois, o Brasil disputou uma partida amistosa contra a Seleção de Porto Alegre, e empatou em três a três. A título de informação, o campeonato deveria ter sido disputado pelos campeões de 4 regiões, a saber: 1ª. Região: Porto Alegre e São Leopoldo; 2ª. Região: Pelotas e Bagé; 3ª. Região: Cruz Alta; 4ª. Região: Uruguaiana e Livramento. Os 7 representantes seriam o Grêmio, Brasil, Nacional de São Leopoldo, Guarany de Bagé, 14 de Livramento, Uruguaiana e um representante de Cruz Alta (desconhecido). Como os clubes não conseguiram inscrever seus jogadores a tempo, restaram apenas o Grêmio e o Brasil de Pelotas.


## Jogo único - Grêmio 1 x 5 Brasil ##


Grêmio Sportivo Brasil - Pelotas (campeão)


Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense - Porto Alegre

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

terça-feira, 28 de outubro de 2014

ANIVERSARIANTE DO DIA - S.E. DECISÃO F.C.


A Sociedade Esportiva Decisão Futebol Clube, clube da cidade de Recife, no estado de Pernambuco, sendo fundado no dia 28 de outubro de 1996. O clube participou de duas edições do Campeonato Pernambucano da Série A2 (2010 e 2011), em parceria com o Chã Grande F.C. da cidade de mesmo nome e utilizou a nomenclatura de Chã Grande/Decisão.

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

TAILÂNDIA


A empresa de material esportivo Grand Sport apresenta o novo uniforme da seleção da Tailândia. Junto a nova camisa aparece um escudo diferente do conhecido. Teremos um novo logo da Associação de Futebol da Tailândia? Ou será utilizado apenas na camisa?



FONTE: ARQUIVO PESSOAL, SITE MANTOS DO FUTEBOL E SITE DA GRAND SPORT

ANIVERSARIANTE DO DIA - QUIXADÁ F.C.


O Quixadá Futebol Clube, clube da cidade de Quixadá, no estado do Ceará, foi fundado no dia 27 de outubro de 1965.

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

ANIVERSARIANTE DO DIA - JACAREÍ A.C.


O Jacareí Atlético Clube, clube da cidade de Jacareí, interior do estado de São Paulo, foi fundado em 27 de outubro de 1980.

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

sábado, 25 de outubro de 2014

R1 ESPORTE RONDÔNIA


R1 Esporte Rondônia com sede na cidade de Porto Velho em Rondônia, foi fundado no dia 20 de maio de 2015. Para 2014 terá como atividades a disputa do estadual sub-16 em parceria com o S.C. Gênus de Porto Velho e um projeto para descoberta de novos talentos com o Vila Nova F.C. de Goiás.



FONTE: ARQUIVO PESSOAL, SITE FUTEBOL DO NORTE E FACEBOOK DO PROJETO MENINOS DO VILA

ANIVERSARIANTE DO DIA - E.C. RIACHUELO


O Esporte Clube Riachuelo, clube da cidade de Aracruz, no estado do Espírito Santo, foi fundado no dia 25 de outubro de 1978.

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

ANIVERSARIANTE DO DIA - E.C. UNIÃO SUZANO


O Esporte Clube União Suzano, conhecido como ECUS, clube com sede na cidade de Suzano, na região metropolitana da capital do estado de São Paulo, foi fundado no dia 25 de outubro 1993.

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

LOGO ALTERNATIVO DO INDEPENDIENTE DA ARGENTINA


A Puma, fornecedora oficial do Clube Atlético Independiente da Argentina apresentou o novo uniforme alternativo do clube de Avellaneda. O uniforme será branco com detalhes em vermelho e destaca-se o escudo que será utilizado: trata-se do 1º simbolo utilizado pelo clube quando de sua fundação.


FONTE: ARQUIVO PESSOAL, SITE MARCA DE GOL E FACEBOOK E SITE DO C.A. INDEPENDIENTE

FEDERAÇÕES EXTINTAS - ALEMANHA OCIDENTAL E ALEMANHA ORIENTAL

A queda do Muro de Berlim abriu o caminho para a reunificação alemã que foi formalmente celebrada em 3 de outubro de 1990. Muitos apontam este momento também como o fim da Guerra Fria. O governo de Berlim incentiva a visita do muro derrubado, tendo preparado a reconstrução de trechos do muro. Além da reconstrução de alguns trechos, está marcado no chão o percurso que o muro fazia quando estava erguido. O Muro de Berlim era uma barreira física, construída pela República Democrática Alemã (Alemanha Oriental) durante a Guerra Fria, que circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental, incluindo Berlim Oriental. Este muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes: República Federal da Alemanha (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos; e República Democrática Alemã (RDA), constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime soviético. Construído na madrugada de 13 de Agosto de 1961, dele faziam parte 66,5 km de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas electrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para ferozes cães de guarda. Este muro era patrulhado por militares da Alemanha Oriental com ordens de atirar para matar (a célebre Schießbefehl ou "Ordem 101") os que tentassem escapar, o que provocou a morte a 80 pessoas identificadas, 112 ficaram feridas e milhares aprisionadas nas diversas tentativas. A distinta e muito mais longa fronteira interna alemã demarcava a fronteira entre a Alemanha Oriental e a Alemanha Ocidental.


## Logo utilizado hoje pela seleção da Alemanha ##


Alemanha Oriental


Alemanha Ocidental

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

FEDERAÇÕES EXTINTAS - TCHECOESLOVÁQUIA

A dissolução da Tchecoslováquia foi um processo histórico que pôs fim à antiga Tchecoslováquia e criou dois novos países, a República Tcheca e a Eslováquia, a partir de 1º de janeiro de 1993. Sua divisão ocorreu após uma série de protestos e reivindicações populares, mas sem nenhum conflito armado, diferentemente dos países da antiga Iugoslávia. Também é conhecida como Separação de Veludo ou Divórcio de Veludo, por ter ocorrido de maneira pacífica, a exemplo da Revolução de Veludo de 1989.


República Tcheca


Eslováquia

FONTE: ARQUIVO PESSOAL

FEDERAÇÕES EXTINTAS - UNIÃO SOVIÉTICA

A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) foi criada em 1922 pelos bolcheviques, liderados por Lênin, como uma das consequências da Revolução Russa de 1917. Existiu até 1991, quando foi dissolvida no contexto da crise do socialismo com as reformas políticas e econômicas implantadas por Mikhail Gorbachev. A sede do poder da URSS era na capital russa, Moscou. A Rússia, república mais poderosa, comandou a URSS. Após a 2ª Guerra Mundial, a União Soviética se tornou a segunda maior potência econômica e militar do mundo. Destacou-se também na corrida espacial e na produção de armas nucleares. Ficou atrás apenas dos Estados Unidos, principal adversário e representante do modelo capitalista. Ela era composta por 15 repúblicas, ocupando um território de, aproximadamente, 22 milhões de km2. Na década de 1980, a União Soviética possuía uma população ao redor de 290 milhões de habitantes. Os grupos étnicos com maior quantidade de habitantes eram os russos (145 milhões), ucranianos (44 milhões), usbeques (16 milhões), bielorussos (10 milhões) e azeris (6 milhões). A União Soviética seguiu sempre o sistema político-econômico socialista. Havia um sistema político baseado num partido único (PCUS), que governava a URSS de forma centralizada e sem abrir espaço para opositores. Muito pelo contrário, o regime perseguiu e prendeu milhares de opositores políticos, principalmente até a década de 1970. A economia era estatizada, ou seja, todos os meios de produção (indústrias, fazendas, bancos, etc.) eram controlados pelo governo. Os salários também eram controlados pelo governo, de forma que houvesse uma equiparação salarial, evitando assim a formação de desigualdades sociais. A União Soviética ficou ao lado dos aliados durante o conflito. Junto com Estados Unidos e Inglaterra, foi de extrema importância no combate ao regime nazista de Hitler. Após a o conflito, já como uma das principais potências vencedoras, exerceu grande influência nos países do leste europeu. Até a década de 1970, a União Soviética apresentou um formidável desenvolvimento econômico. Porém, na década de 1980 a crise começou a ameaçar a grande potência socialista. As indústrias ultrapassadas não conseguiram acompanhar o desenvolvimento tecnológico necessário para abastecer aquela imensa população. A falta de produtos, principalmente alimentos e bens de consumo, passou a ser constante e gerar grande insatisfação popular. O crescimento dos movimentos separatistas, principalmente nas repúblicas bálticas, crescia colocando em risco a unidade política da URSS. Buscando resolver os graves problemas políticos e econômicos, o presidente Mikhail Gorbachev implantou uma série de reformas na URSS. Porém, estas reformas não apresentaram grandes efeitos positivos e a crise continuou. Em dezembro de 1991, após algumas repúblicas declararem independência da URSS, foi assinado o acordo de Minsk que dissolveu a União Soviética e criou a CEI (Comunidade dos Estados Independentes). Era o fim da União Soviética. Entre julho 1956 e setembro de 1991, havia 15 repúblicas na União Soviética, sendo que hoje, 12 pertencem ao continente europeu e 3 ao asiático.



Armênia / Azerbaijão


Bielorrússia / Cazaquistão


Estônia / Geórgia


Letônia / Lituânia


Moldávia / Rússia


Ucrânia / Uzbequistão


Quirguistão (Ásia) / Tajiquistão (Ásia)


Turcomenistão (Ásia)

FONTE: ARQUIVO PESSOAL